Feliz 2017

A AENFER deseja a todos um ano novo cheio de bons sentimentos, que novos e velhos sonhos sejam concretizados, e que nunca falte o amor e a amizade!

Que esse ano traga muita felicidade e prosperidade para todos, e venha fortalecer ainda mais os laços da família ferroviária.

Feliz 2017

Cartão Natal 2017

Bonde de Santa Teresa não funcionará no dia 31

Devido às festividades de ano novo, no próximo sábado, dia 31, o bondinho de Santa Teresa não funcionará. Na sexta, dia 30, ponto facultativo nas repartições públicas do estado, no entanto, o serviço opera normalmente.

A partir do próximo dia 28, os bondes terão um novo horário de funcionamento: das 8h às 17h45m, de segunda a sexta-feira; e aos sábados, das 10h às 18h. Não haverá operação aos domingos e feriados. As composições circulam no trecho Largo da Carioca – Largo dos Guimarães, com saídas a cada 15 minutos.

A cobrança da tarifa turística do bondinho começou no último dia 16. Quem embarca no Largo da Carioca, no Centro do Rio, agora tem que pagar R$ 20. Saindo do Largo dos Guimarães, em Santa Teresa, não precisa pagar a tarifa. Pessoas com mais de 65 anos, estudantes uniformizados da rede pública de ensino e moradores de Santa Teresa que estiverem cadastrados garantem a gratuidade no transporte.

O bondinho de Santa Teresa ficou sem operar por cinco anos, após acidente que matou seis pessoas.

Fonte: O Globo, 22/12/2016

 

Segunda linha do VLT do Rio começa operação teste

O Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) começou a circular em operação teste no trecho entre as paradas Saara e Praça XV, no Centro do Rio. Segundo a administração do serviço, a operação será feita das 7h às 10h com um VLT sem transporte de passageiros. O objetivo é fazer com que a população se prepare de forma progressiva e com segurança à circulação das composições na região.

O novo trajeto já dispõe de faixas e placas para alertar sobre a passagem dos trens na área.

A segunda linha do VLT, da qual faz parte o trecho entre Saara e Praça Quinze, passará a funcionar em janeiro de 2017. Os primeiros testes foram feitos nos dias 17 e 18, mas, na última semana, o transporte rodou apenas à noite.

A localização da nova linha é considerada estratégica: pertinho da Central do Brasil, como uma forma de integrar os trens ao VLT. O embarque é em frente à Praça da República: entre o Campo de Santana e a Saara.

No caminho, um passeio por áreas históricas do Centro do Rio, como a Rua da Constituição e a Praça Tiradentes, onde tem mais uma parada. A estação seguinte é a Colombo, que fica na Rua Sete de Setembro, na altura na Avenida Rio Branco. Na parada final, na Praça Quinze, outra possibilidade de integração: com as barcas.

O trajeto tem dois quilômetros. Num teste realizado domingo (18), o percurso foi cumprido em dez minutos. Isso por que nessa fase de testes o VLT está com a velocidade reduzida, para evitar acidentes até que os pedestres se acostumem com o vai e vem do trem nesse novo trecho.

A primeira linha do VLT liga o Aeroporto Santos Dumont à região da Rodoviária Novo Rio.

Fonte: Extra, 26/12/2016

Supervia decide encerrar circulação de trens no trecho que liga Deodoro a Honório Gurgel

A Supervia decidiu encerrar definitivamente a circulação de trens no trecho que liga Deodoro a Honório Gurgel. A linha circular funcionava desde maio do ano passado, com saídas a cada 30 minutos, e permitia a integração com os quatro ramais: Deodoro, Belford Roxo, Japeri e Santa Cruz.

Em nota enviada nesta terça-feira à imprensa, a concessionária afirma que a medida foi tomada após “o encerramento do período experimental e análise da oferta dos serviços”.

A circulação dos trens já estava interrompida há duas semanas por causa de confrontos no entorno da linha férrea. O trecho fica paralelo à comunidade do Muquiço. No último dia 12, a concessionária divulgou nota informando que o serviço havia sido suspenso por causa de uma operação policial. Em abril, uma composição precisou interromper a viagem porque algumas janelas haviam sido arrancadas do veículo.

Outra deficiência do trecho era a ausência de muros de proteção, o que permitia que pessoas invadissem a linha férrea e colocava a segurança dos passageiros em risco. Em outubro, uma composição colidiu contra um carro de passeio depois que o motorista desrespeitou a sinalização.

O abandono da circulação no trecho que liga Deodoro a Honório Gurgel não é a única mudança. A Supervia informou também que, a partir desta terça-feira, a estação Cascadura deixará de ser parada para trens expressos dos ramais Santa Cruz e Japeri entre 10h e 15h.

Nota da Supervia:

“Rio de Janeiro, 27 de dezembro de 2016 – A partir de hoje, o serviço circular Honório Gurgel – Deodoro será suspenso e a estação Cascadura deixará de ser parada para trens expressos dos ramais Santa Cruz e Japeri entre 10h e 15h. As medidas serão executadas após o encerramento do período experimental e análise da oferta dos serviços. Os passageiros, no entanto, não deixarão de ser atendidos. A estação Cascadura recebe trens paradores do ramal Deodoro que, em dias úteis circulam com intervalo médio de 8 minutos. Já passageiros que necessitam fazer transferência entre o ramal Belford Roxo e os ramais Santa Cruz, Japeri e Deodoro poderão utilizar as estações Maracanã, São Cristóvão e Central do Brasil”.​

Fonte: Extra, 27/12/2016

Metrô terá esquema especial para Jogo das Estrelas

RIO – O MetrôRio preparou uma operação especial com trens extras à disposição dos torcedores que forem assistir ao Jogo das Estrelas, que será realizado às 20h30 desta quarta-feira no Maracanã, Zona Norte do Rio.

A partida, que encerra o calendário do futebol carioca, é organizado pelo ex-jogador Zico e reúne ex-atletas, atletas e artistas, como o jogador Neymar, o surfista Gabriel Medina e o ator Márcio Garcia. Parte da renda do jogo será destinada às famílias dos jogadores da Chapecoense. Para facilitar o acesso ao metrô, a concessionária recomenda a compra com antecedência dos cartões de ida e volta.

Fonte: Jornal O Globo, 27/12/2016

Após reforma, Estação Ferroviária é reinaugurada

Depois de nove meses fechada para reforma, a Estação Ferroviária de Passos (MG) foi reinaugurada esta semana. O espaço vai funcionar como centro cultural, e para marcar a abertura, a estação recebe a exposição “Old Soul”, do artista da cidade Daniel Silveira Lopes.

Na reforma, o telhado foi trocado, e as redes elétrica e hidráulica foram refeitas. Na pintura foram mantidas as cores originais. O espaço também ganhou arborização e calçadas. A obra custou pouco mais de R$ 411 mil, com recursos do Fundo Municipal de Proteção do Patrimônio Artístico e Cultural.

A obra é motivo de comemoração no departamento de cultura, depois de anos de luta para que o prédio tombado como patrimônio histórico não continuasse abandonado.

“Há 22 anos, aproximadamente, não tinha uma melhora aqui nesses bens culturais tombados, de tamanha importância histórica, social e política pra nossa cidade”, conta a diretora de Cultura, Taciana Lopes Batista.

A estação foi inaugurada na última terça-feira (20).  Além de servir de espaço cultural, o Centro de Memória também foi repaginado na estação, onde estão arquivados diversos documentos que contam a história de Passos.

Exposição
Para marcar a abertura, a estação está recebendo a exposição “Old Soul” (na tradução: velha alma). São quadros e objetos que retratam as origens do artista de Passos, Daniel Silveira Lopes, que cresceu e viveu na roça.

Um dos quadros, por exemplo, foi feito com chifre de boi e arame farpado, couro de gado. As obras foram expostas em Nova York e Ribeirão Preto (SP).

“Através do material que eu uso, às vezes inusitado, das cores, formas e texturas, eu crio um portal e convido o espectador a mergulhar no meu universo e ter suas próprias impressões”, explica Lopes.

Fonte: Blog Ferroviário/ Estação Ferroviária, 27/12/2016

SuperVia oferecerá trens extras na madrugada do Ano Novo

A SuperVia preparou uma operação especial para atender os passageiros na madrugada do Réveillon. Em complemento à programação do dia 1º de janeiro, para atender o retorno das comemorações pela chegada do novo ano, a concessionária vai disponibilizar 24 mil lugares adicionais na madrugada do primeiro dia de 2017.

No total, serão dez viagens extras em trens com ar-condicionado, que partirão da Central do Brasil e atenderão a população com destino à Baixada Fluminense, Zona Norte e Zona Oeste do Rio de Janeiro. As composições para o ramal Japeri partirão às 2h20, 3h, 4h e 5h. Já as viagens com destino ao ramal Santa Cruz serão realizadas às 2h40, 3h30, 4h30 e 5h30. Para o ramal Saracuruna, os trens seguirão viagem às 3h30 e 5h. Todos os trens farão serviço parador e as viagens dos ramais Japeri e Santa Cruz também atenderão as estações do ramal Deodoro.

As estações Central do Brasil e Madureira (que permitem integração com metrô e ônibus BRT) estarão abertas para embarque, a partir das 1h50 e 2h20, respectivamente. A estação Madureira funcionará apenas com o acesso pelo mezanino de integração com o BRT. Durante a madrugada, as demais estações do sistema ferroviário funcionarão apenas para desembarque de passageiros. Equipes de atendimento identificadas com a expressão “Posso Ajudar?”, gravada em camisetas ou coletes, estarão a postos na Central do Brasil para auxiliar o público. Para evitar filas, a SuperVia orienta os passageiros a adquirirem as passagens de ida e volta conjuntamente.

Nos dias 24 e 31 de dezembro, os trens vão circular de acordo com a grade horária regular de sábados e, nos dias 25 de dezembro e 1º de janeiro de 2017, será utilizada grade regular de domingos. Os passageiros podem programar seus trajetos utilizando a seção “Planeje Sua Viagem”, no aplicativo e no site da www.supervia.com.br, ou consultando o SuperVia Fone, no número 0800 726 9494 (24 horas).

Fonte: SuperVia, 26/12/2016

ANTT abre audiência pública para discutir concessão da ALL Malha Paulista

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) abre a Audiência Pública nº 10/2016, a partir desta quarta-feira (21/12). O objetivo é colher subsídios com vistas ao aprimoramento dos estudos para a prorrogação do prazo de vigência contratual da concessionária América Latina Logística Malha Paulista S.A. As contribuições serão recebidas até 18 horas do dia 3/2/2017.

Os interessados também poderão participar das sessões presenciais, que serão realizadas nos dias 24 e 26/1/2017, em São Paulo (SP) e em Brasília (DF), respectivamente.

Informações específicas sobre a matéria, orientações acerca dos procedimentos da audiência e formulário para envio de contribuições estarão disponíveis no site da ANTT.

SERVIÇO

São Paulo/SP

Data: 24 de janeiro de 2017

Horário: das 14h às 18h

Endereço: Melia Paulista Business and Convention Hotel

Salas Paulista I, II e III – Av. Paulista, 2181 – Bairro Consolação –  São Paulo-SP

Capacidade: 250 lugares

 

Brasília/DF                                                                                                                  

Data: 26 de janeiro de 2017

Horário: às 14h30

Endereço: Auditório Eliseu Resende do

Edifício Sede da ANTT – SCES, trecho 3, lote 10, Projeto Orla, Brasília-DF

Capacidade: 300 lugares

Fonte: ANTT, 21/12/2016

SuperVia realiza 5ª edição da Campanha de Segurança nas Passagens em Nível

A SuperVia realiza a 5ª edição da Campanha de Segurança nas Passagens em Nível, que tem o objetivo de alertar e conscientizar motoristas e pedestres sobre as normas de circulação em locais por onde passa a linha férrea. O Código Brasileiro de Trânsito é claro, ao cruzar a ferrovia é obrigatório seguir o procedimento “pare, olhe e escute”. Se esse fosse um hábito da população fluminense as estatísticas de acidentes na SuperVia não seriam tão alarmantes: mais de 300 ocorrências nos últimos cinco anos. Só este ano foram registrados 78 acidentes (abalroamentos e atropelamentos), em 2015 foram 70. Desde 2013 a concessionária registrou aumento de 38% dos casos.

Integrantes da concessionária percorrem as principais passagens em nível oficiais do sistema ferroviário para realizar o trabalho de conscientização. A ação conta com distribuição de panfletos, esclarecimento de dúvidas sobre leis de trânsito e orientação sobre a importância do respeito à sinalização nesses locais, ressaltando os cuidados necessários para evitar acidentes.

“Intensificamos nosso trabalho de conscientização nessa época em função da proximidade das celebrações de fim do ano, período em que a imprudência dos motoristas costuma elevar os índices de acidentes de trânsito. Mas ações para garantir a segurança do sistema ferroviário são constantes ao longo do ano com simulados de acidentes e demais campanhas educativas. Segurança é um valor inegociável e esperamos que a população colabore para que os números de acidentes na malha ferroviária diminuam”, explica Maria Dulce de Castro, gerente de Segurança e Auditoria do Tráfego.

Atualmente, a SuperVia contabiliza 38 passagens em nível oficiais, devidamente sinalizadas e de acordo com as exigências da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), que prevê a instalação da Cruz de Santo André. A concessionária ainda mantém sinalização sonora e visual em perfeito funcionamento. Além das passagens em nível oficiais, a concessionária estima que existam até 150 passagens clandestinas.

 

Você sabia?

De acordo como o Artigo 212 da Lei 9503/97, veículos que se deslocam sobre trilhos têm preferência de passagem sobre os demais. Este é o mesmo artigo que diz que se deve parar, olhar e escutar antes de atravessar a via férrea.

Após ter o freio acionado, um trem que circula a 80 km/h percorre quase 400 metros até parar totalmente. Se a composição estiver a 30 km/h, a distância percorrida é de pelo menos 60 metros.

Fonte: SuperVia, 22/12/2016