Celebração dos 80 anos de AECB e 25 anos de AENFER com homenagens

A AENFER realizou no dia 28 de junho um evento que envolveu associados e personalidades de outrora que marcaram a história da Associação.

O evento foi em comemoração aos 80 anos da Associação de Engenheiros da Estrada de Ferro Central do Brasil – AECB e aos 25 anos da Associação de Engenheiros Ferroviários – AENFER.

Os homenageados do dia foram os ex-presidentes da AECB, engenheiros Joaquim Antonio Trindade Queiroz, Paulo Cesar Nayfeld Granja, Pedro Galvão França e Roberto de Almeida Luiz.

Clique nas fotos para ampliar

2

A presidente da AENFER, engenheira Isabel Cristina Junqueira de Andréa disse que temos um passado para reverenciar, um presente para lutar e um futuro que são as universidades, os estudantes que estão vindo para AENFER e que a entidade necessita de suas presenças para se juntar aos que já estão e poder deixar um legado de ferrovias para esse país.

3

O diretor Cultural e de Preservação da Memória Ferroviária, engenheiro Helio Suêvo, lembrou que o estatuto da AENFER determina que temos que lutar pela classe ferroviária, retomar o desenvolvimento ferroviário nacional e defender a memória ferroviária. Ele contou a história da AECB e a fusão que se deu, dando origem à AENFER.

Cartão postal e selo comemorativos ao evento

Em prosseguimento ao evento, ele lançou o selo e postal, materiais alusivos aos 80 e 25 anos das referidas Associações.

_selinho  cartão postal 80

Lançamento de livro

Na oportunidade, o diretor convidou a engenheira Angela França para divulgar o seu livro, recentemente lançado e bem recebido pela classe ferroviária e público em geral, com o título “Metrô, os trilhos que mudaram o Rio”. Ela disse que valeu a pena escrever sobre esse assunto. Depois de muitas lutas para compor a obra, o objetivo maior, segundo a autora, é mostrar a importância do Metrô para o Rio de Janeiro. Angela conta histórias vivenciadas por ela, que trabalhou naquela empresa.

4 13

Homenagem

O ponto alto da solenidade foi a homenagem aos ex-presidentes da AECB. Os engenheiros Joaquim Antonio Trindade Queiroz, Paulo Cesar Nayfeld Granja, Pedro Galvão França e Roberto de Almeida Luiz receberam o diploma de reconhecimento pelos serviços prestados à frente da AECB como presidentes. Eles agradeceram a homenagem e lembraram de alguns fatos marcantes da época. O homenageado Paulo Granja ressaltou que a criação da AENFER foi muito importante e que é necessário mantê-la viva. Ele parabenizou todas as Diretorias que passaram pela entidade até os dias de hoje por defenderem os ferroviários.

5 DSC01308 6 7

1

Palestra com o presidente do CREA-RJ

9 11 12

 

Após as homenagens, o presidente do CREA-RJ, engenheiro Reynaldo Barros foi convidado para proferir palestra. Ele falou ao público presente sobre os programas de Certificação de Conformidade com o Exercício Profissional, Crea-RJ Integradas e Políticas de Compliance. Em sua apresentação ele falou sobre a importância de desburocratizar alguns serviços e que o CREA-RJ procura dar agilidade a esses serviços utilizando ferramentas que dão segurança e comodidade, trabalhando on line e full time e despachando processos eletronicamente. Ele alertou que o mundo está muito dinâmico e precisamos acompanhar a evolução. Enfatizou também que as organizações precisam se reinventar, que sem engenharia o país não avança e que os jovens precisam se politizar.

 

Após a solenidade, o público presente foi convidado para o coquetel de confraternização dos associados que fizeram aniversário em maio e junho.

Veja mais fotos da engenheira Angela França que autografou o seu livro aos interessados

6Angela 8Angela 1Angela5Angela  2Angela 3Angela 4Angela 9Angela

 

2 Comentários

  1. Cenildo Mendonça disse:

    Lamento que nossa AENFER (fui diretor de divulgação e depois vice diretor de divulgação também eleito em outro mandato)tenha dado espaço para pessoas que ao serem eleitos presidentes dessa honrada instituição,tentaram atrelá-la a partido político e lideres desse mesmo partido que acabou por extinguir a RFFSA. Acredito que a escolha tenha sido por algum tipo de esquecimento e não por eleição.

  2. mauricio f g de souza disse:

    Pelas fotos e a alegria estampada nos fotografados, lamentei não poder ter ido a essa palestra.

    Pedro França e Roberto de Almeida foram contemporâneos e há anos que não os vejo. Teria sido uma ótima oportunidade para os rever.

    Quanto à engª Angela França, tratou de um assunto, o Metrô do Rio do qual posso dizer que fui pioneiro na medida em que participei do projeto original, fazendo parte do grupo que fez a seleção da projetista, a SOFRETU, de Paris e posteriormente, anos após da implantação da obra coordenando um grupo denominado GAT, encarregado de solucionar problemas de interface entre o projeto, a montagem e instalação dos equipamentos e sistemas e construção civil.

    Fica a minha dúvida : a Ângela França teria parentesco com o Pedro França?

    De resto parabéns, como sempre, pela excelência da reportagem, Maurício

Deixe um comentário

voltar para página inicial

Av. Presidente Vargas, 1733 - 6° e 7° andar - CEP 20210-030 - Centro - Rio de Janeiro - telefax: (21) 2221-0350 / (21) 2222-1404 / (21) 2509-0558 - aenfer@aenfer.com.br