Estatísticas do Transporte no primeiro semestre

Os efeitos da pandemia atingiram em cheio o transporte público, nas modalidades de trens, metrôs e VLTs. Nos sistemas de passageiros houve queda de 73%, em comparação com o ano anterior. O metrô de Teresina teve a maior redução enquanto o VLT Carioca registrou a menor. Mais da metade das operadoras apresentam quedas nos  índices de movimento de passageiros maior que 50% em virtude da quarentena forçada.  Já no transporte de carga a redução foi pequena como se vê nos índices de Toneladas Úteis (-7,5%) e Toneladas-Km-Úteis (-5,4%). Algumas concessionárias como Transnordestina, Estrada de Ferro Carajás, Rumo malhas Paulista e Norte, Ferrovia Tereza Cristina e Ferrovia Norte-Sul tiveram alta no mesmo período.

A seguir alguns índices desta situação na comparação entre o 1º. Semestre de 2019 e 2020:

Veja no anexo:

ESTATÍSTICAS DO TRANSPORTE NO PRIMEIRO SEMESTRE 2020

Pesquisa do conselheiro da Aenfer Luiz Fernando Dias Aguiar

Deixe um comentário

voltar para página inicial

Av. Presidente Vargas, 1733 - 6° e 7° andar - Centro - telefax: (21) 2221-0350 / (21) 2222-1404 / (21) 2509-0558