Live com Helio Suêvo

A Comissão de Estudos Metroferroviários – CEM, convidou o vice-presidente da Aenfer, (áreas Técnica e Cultural e de Preservação da Memória Ferroviária), Helio Suêvo, para participar da segunda live que ocorrerá no dia 12 de agosto, 14:00h.

Nessa edição, o engenheiro irá apresentar o tema:

“Considerações sobre os projetos básicos e executivos de superestrutura de via permanente”

Link da reunião:

meet.google.com/btr-bjxp-mxi

A Comissão de Estudos Metroferroviários do Rio de Janeiro (CEM-RJ) agrupa membros do corpo técnico das ferrovias de transporte de passageiros do Rio de Janeiro, além de entidade de pesquisa, ABRAMAN (Associação Brasileira de Manutenção), consultores independentes e AENFER (Associação de Engenheiros Ferroviários).

O objetivo da comissão é desenvolver material técnico e resolver problemas técnicos dos membros da comissão em espírito de cooperação.

As reuniões estão acontecendo online em função da pandemia e têm frequência bimestral.

Mais informações são possíveis pelo e-mail coordenacao@cem-rj.com.br e pelo whatsapp (21) 97683-0633.

3 Comentários

  1. LUIZ CARLOS disse:

    Pois é! Que falta estamos sentindo do Partido dos Trabalhadores na Presidência da República. Em matéria de infraestrutura ferroviária foi o período de gestão no qual houve mais empenho e investimentos no ramo metro-ferroviário brasileiro. Até projeto para implantação do Trem de Alta Velocidade nós tivemos, mas só não foi implementado pelas sórdidas manobras políticas dos antecessores adversários políticos á frente do Executivo Nacional, porém neste sentido “nada vezes nada” ousaram fazer. Mas para quê? Se nos podemos compra carros impostados dos “States” Portanto, foram esses aferrados na obstinação rodoviária “alienígena” e dependente, tanto de capital fixos quanto dos estratosféricos recursos financeiros públicos federais para custear e bancar a farra dos “anéis” ou “rodovias de contorno”, das “vias expressas”, etc. E quanto recurso jogado no ralo da iniciativa privada (concessões de rodovias) e da egolatria do individualismo materialista que alçou o automóvel ao pedestal da idolatria, e não mais se discute o tema. Parabenizo-os pela ousadia e iniciativa. Haja esforço, vontade política e honestidade dos aficionados pelo trem para lançar-se com destemor nesta heroica e hercúlea empreitada. Estamos juntos, se a causa é a ferrovia e as locomotivas e vagões que por sobre ela ainda circulam. Parabéns a todos os mentores e organizadores deste evento.

    • Ricardo Lafayette disse:

      Francamente, ainda tem gente que é capaz de lamentar a falta do PT na Presidência da República. Que mundo essa gente vive?
      Bolsonaro em 1 ano e meio fez mais pelas ferrovias do que o PT em 16 anos. O Ministro da Infraestrutura Tarcísio é um gigante, um tocador de obras, e destravou a concessão de ferrovias e investido neste modal como não se fazia há mais de 40 anos.

  2. Jerônimo Bolsonaro disse:

    Isso aí brasileiros! Vamos todos pegar o trem de alta velocidade da Dilma, para chegarmos em tempo para esse encontro. Se perderem o trem não tem problema, pegamos uma carona com o pessoal da Odebretch.

Deixe um comentário

voltar para página inicial

Av. Presidente Vargas, 1733 - 6° e 7° andar - Centro - telefax: (21) 2221-0350 / (21) 2222-1404 / (21) 2509-0558