Moody’s estuda baixar notas da Lamsa e da Metrô Rio

RIO – As notas da Lamsa e do Metrô Rio estão em “revisão para rebaixamento” pela Moody’s . A agência de classificação de risco anunciou a situação nesta terça-feira e deve divulgar os novos indicadores em novembro. O motivo da análise foi a decisão do prefeito Marcelo Crivella de destruir cabines da praça de pedágio da Linha Amarela neste domingo. Administradas pelo Grupo Invepar, as duas concessionárias podem ter mais dificuldades para captar dinheiro por meio de títulos no mercado caso tenham as notas rebaixadas.

No comunicado, representantes da Moody’s afirmam que consideram alto o risco de futuras intervenções da prefeitura na concessão administrada pela Lamsa. “A disputa contínua com a autoridade responsável pela concessão continuará afetando a liquidez da Linha Amarela, com potencial risco de contágio para o perfil geral de crédito de sua controladora INVEPAR, bem como para sua empresa-irmã MetroRio”, informa o texto.

De acordo com a Moody’s, a “capacidade de Linha Amarela de restabelecer rapidamente a cobrança normal das tarifas de pedágio e mitigar perdas financeiras” será um dos fatores observados na revisão das notas de crédito. “Adicionalmente, a revisão irá acompanhar o desenvolvimento da disputa com a autoridade responsável pela concessão e a possibilidade da Linha Amarela perder sua concessão”, acrescentam representantes da agência.”Falha em demostrar o rápido restabelecimento da normalidade das operações ou qualquer outra decisão judicial desfavorável resultará provavelmente em um rebaixamento de vários notches no rating da Linha Amarela e da MetroRio”, concluem.

Fonte: https://oglobo.globo.com/rio/moodys-estuda-baixar-notas…

Deixe um comentário

voltar para página inicial

Av. Presidente Vargas, 1733 - 6° e 7° andar - Centro - telefax: (21) 2221-0350 / (21) 2222-1404 / (21) 2509-0558