Tarifa de metrô do Rio vai subir para R$ 5 a partir de 2 de abril

A Agência Reguladora de Serviços Públicos Concedidos de Transportes Aquaviários, Ferroviários e Metroviários e de Rodovias do Estado do Rio de Janeiro (Agetransp) autorizou o reajuste anual da tarifa de metrô do Rio para R$ 5, a partir de 2 de abril. O novo valor vai vigorar até 1º de abril de 2021.

Hoje, os passageiros desembolsam R$ 4,60 pela passagem unitária. O aumento, portanto, será de 8,69%. A inflação oficial acumulada em 12 meses, até fevereiro, foi de 4,01%, segundo o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), apurado pelo IBGE. Portanto o reajuste da tarifa de metrô em 2020 será o dobro da variação acumulada do custo de vida.

Em 2019, quando o valor do bilhete subiu de R$ 4,30 para R$ 4,60, a correção foi de 6,97%.

A nova tarifa se aplicará às linhas 1 e 2, sob administração da Concessão Metroviária S.A, assim como à linha 4, da Concessionária Rio Barra S.A. A autorização foi publicada no Diário Oficial do Estado desta sexta-feira (dia 13).

A concessionária MetrôRio informou, por meio de nota, que a nova tarifa foi homologada pela Agência Reguladora de Transportes do estado (Agetransp) em sessão regulatória no dia 28 de fevereiro. Segundo a empresa, o índice de correção obedece a regra firmada no contrato de concessão, que prevê reajuste anual baseado no Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M), da Fundação Getúlio Vargas (FGV). A variação do indicador foi de 7,808% entre janeiro de 2019 e janeiro de 2020.

Fonte: Jornal Extra

Deixe um comentário

voltar para página inicial

Av. Presidente Vargas, 1733 - 6° e 7° andar - Centro - telefax: (21) 2221-0350 / (21) 2222-1404 / (21) 2509-0558