Trem do Corcovado inicia renovação de frota

No Rio de Janeiro, o tradicional Trem do Corcovado receberá novos trens fabricados pela Stadler na Suíça, mesma fabricante das locomotivas cremalheira que operam em Paranapiacaba, São Paulo.

A indústria, especializada na construção de trens regionais e bondes (inclusive com sistema cremalheira), foi contratada pela operadora do trem, a Esfeco, que possui a concessão da ferrovia até 2034 para cuidar da substituição dos antigos bondes, que operam desde 1979.

A Ferrovia que opera desde 1884, inaugurada pelo Imperador Dom Pedro II, serviu de acesso para os materiais da construção do Cristo Redentor. Seus primeiros trens foram movidos a vapor e os primeiros trens elétricos do brasil, serviram à ferrovia, que tem aproximadamente 4 km de extensão. Ela já transportou autoridades e personalidades das mais diversas esferas, como o Papa João Paulo II, Princesa Diana e até Albert Einstein.

Com os novos trens, o sistema que tem a atual capacidade de 300 passageiros por hora em cada sentido, dobrará para 600 pessoas, além de também unir a acessibilidade universal e algumas inovações, como teto solar, espaço dedicado para bicicletas e também, cadeirantes. Segundo o Presidente da Esfeco, foram “oito anos de negociação e um investimento de 150 milhões” para que a aquisição de novos trens fosse possível.

 

Fonte: Via Trólebus, 19/12/2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *